HD Carl Johnson GTA V to SA [Skin]

Atualizado: Este não é o "CJ velho" mas sim o jovem. Eu particularmente discordo que ele se pareça com o original de 90s, ele se parece mais velho do que o normal. Mas é a realidade...

  
É isso mesmo que vocês estão vendo, o CJ para o GTA V, agora no seu GTA SA!
Eu caprichei nas prints hoje
gta sa mod hd carl johnson gta v (old cj)
Um projeto que ganhou muita atenção da mídia mundial. Houve um momento em que o tópico do projeto teve 1000 pessoas online ao mesmo tempo acompanhando o progresso deste mod.

Até mesmo o Young Maylay (dublador do CJ) aceitou participar do mod, mas infelizmente o contrato dele com a Rockstar não deixou isso.

A versão do GTA V deste CJ ganhou o prêmio "Best Character 2014" na GTA Awards.
gta sa mod hd carl johnson gta v (old cj)
Os detalhes são inacreditáveis, tem até impressão digital, e ainda leve, somente 1 MB de .dff e 3,9 MB de .txd!
gta sa mod hd carl johnson gta v (old cj)
Sobre a conversão, realmente está muito boa, o corpo está todo no lugar, o único problema é que a boca não se mexe (mas a mão sim).

Nota: Infelizmente não é o player em si com roupas etc, mas só uma skin para você usar com o Skin Selector. Se alguém adaptar ele para o corpo do CJ, agradeceríamos muito!
Nota também que é recomendado usar alguma instalação do Skin Selector com suporte à save, para assim salvar o jogo e quando carregar estar com este CJ.

‎Autor: almico
Conversão: eny_437

English & Português


Veja também:
CJ do GTA V em HD — Versão player.img


Mods usados nas imagens:
Grove Street Insanity
90s AWP Reborn (MP5)
SkyGfx (Configuração PS2)
90s AVP Reborn (Picador)
Original HQ Palms
Pose Mod (para as poses)

Use ModLoader v0.3.5 para instalar os mods.

Um autodidata polímata. Amante de computação, música, desenvolvimentos e ciências em geral. Ibitinga - SP

Veja também

Próximo
« Próximo
Anterior
Anterior »
Nota: Envie sugestões de postagens neste link. Caso problemas, use a Lista de Crash.


Foi removido os comentários pelo sistema do blogger. Por favor, use o Disqus.


Nenhum comentário: