G&B #24 - Segredo


Quarto episódio da terceira temporada de G&B.
Curioso para saber o que vai haver? Abra o post.


The King ordena alguns Ballas irem atrás e se vingarem da Grove Street. Após algumas mortes, JC e Eddie noticiam a cena e tentam ajudar, mas JC decide ir sozinho atrás de alguns, até ser surpreendido por trás.

Confira o episódio:

Balla: Você não é o garoto que deixou de pagar o pedágio aquela vez? Haha, eu sei o que você fez, garoto. Um dos nossos ficaram vivos naquela batida e te identificou. Agora você irá pagar pelo que fez.



~PAH~





Eddie: HÁ, JC! Diz quem manda nisso aqui.




JC: Eu não morri?
Eddie: Não, eu te salvei de novo, seu imbecil.
JC: Quando eu ouvi aquele tiro minha vida parou. Acho que preciso trocar de cuecas. Valeu, cara.
Eddie: Que isso, eu sei que cê faria o mesmo por mim.


Eddie: Mas aí, me diz. Que história é essa de batida? Por que ele tava querendo te matar?
JC: Nada demais, Eddie.
Eddie: Conta aí. Tô curioso.
JC: Sabe aqueles ballas que invadiram minha casa?
Eddie: Tô ligado.


JC: Segui o que eu vi e matei ele e mais alguns. Mas parece que um deles sobreviveu.
Eddie: E por que cê não me contou disso aí antes? A gente podia ter ido junto lá.
JC: Ed, cara. Era algo muito pessoal... e você só pensava em comer e naquela gangue de motoqueiros.
Eddie: Cara, por que cê escondeu isso de mim? Eu sempre te conto essas paradas. A gente é parceiro!
JC: Como eu disse, cara. Era muito pessoal.
Eddie: Deixa quieto. Se você quer continuar agindo sem mim, continue.
JC: Eddie, cara... qualé.


Gângster: E foi isso que aconteceu. Eu tive que fugir.



The King: Covarde!



The King: Mas que droga! Preciso pensar em outra coisa.

Só posto mesmo. Desisti da carreira de modder. Amante de punk, filmes e ciência. Não sei o que eu quero, mas sei como conseguir. Eu quero destruir transeuntes.

Veja também

Próximo
« Anterior
Anterior
Próximo »
Nota: Envie sugestões de postagens neste link. Caso problemas, use a Lista de Crash.


Foi removido os comentários pelo sistema do blogger. Por favor, use o Disqus.


Nenhum comentário: